5 Princípios Bíblicos Para Restaurar um Casamento

Tempo de leitura: 3 min

Compartilhe agora mesmo:

Restaurar um casamento é uma questão complexa e difícil de ser tratada em um artigo, mas alguns princípios bíblicos podem vão te ajudar nessa missão.

casamento
Imagem de Pexels por Pixabay

Quando o matrimônio encontra-se em risco muitas coisas estão intrínsecas ali, por isso é tão difícil reconstruí-lo.

Por exemplo, é possível que haja anos de mágoas de ambas as partes, diferenças de personalidade e também de educação, sem contar com objetivos de vida distintos e pressão da sociedade.

Isso se contar com outros tipos de problemas mais graves como uso de drogas, abuso, adultério ou outras ações que demandam intervenção imediata.

Conteúdo

Confira 5 passos Bíblicos Para Restaurar um Casamento

principios
Imagem de Pexels por Pixabay

Deus deixou na Bíblia Sagrada os passos que devemos seguir para restaurar um casamento. Confira quais são:

1.   Volte ao Básico

A princípio, lembre-se do que é o casamento (Mateus 19:5), pois é o primeiro passo para restaurar um casamento.

“E disse: Portanto, deixará o homem pai e mãe, e se unirá a sua mulher, e serão dois numa só carne?”

Casar-se não tem a ver com sexo, atração física ou ainda com satisfação de necessidades pessoais e sociais.

Trata-se de duas pessoas que unem todos os aspectos de suas vidas. Trata-se, então de tornar-se uma só carne e se unificar nas coisas da vida e nos objetivos futuros.

Hoje em dia vejo muitas pessoas se casando com o objetivo de preencher alguma necessidade pessoal, mas com a ressalva de poderem sair e fazer o que quiserem de suas vidas, como se o matrimônio se dividisse em projeto pessoal e projeto a dois.

Sendo assim, para conseguir restaurar um casamento é necessário voltar ao básico que é uma vida compartilhada.

2.   Reconheça as Diferenças

Em seguida, devemos reconhecer nossas diferenças, pois elas existem e não devem ser desconsideradas.

É assim que conseguimos reconhecer quando cometemos erros e deixamos de cometer um dos maiores erros que cometemos: Querer que o outro pense como como nós.

Mateus 5:23-26

“Portanto, se trouxeres a tua oferta ao altar, e aí te lembrares de que teu irmão tem alguma coisa contra ti. Deixa ali diante do altar a tua oferta, e vai reconciliar-te primeiro com teu irmão e, depois, vem e apresenta a tua oferta. Concilia-te depressa com o teu adversário, enquanto estás no caminho com ele, para que não aconteça que o adversário te entregue ao juiz, e o juiz te entregue ao oficial, e te encerrem na prisão. Em verdade te digo que de maneira nenhuma sairás dali enquanto não pagares o último ceitil.”

Desse modo, lembre-se sempre de que o outro recebeu uma educação diferente, teve uma experiência de vida diferente e que pensa de outra forma.

Logo, se você e seu parceiro divergem em alguns assuntos, não tente impor sua vontade. Dialogue.

3.   Perdoe

perdão
Imagem de Pexels por Pixabay

O poder do perdão é algo imensurável e que produz verdadeiros milagres em nossas vidas.

No caso de restaurar um casamento, o perdão é imprescindível tendo em vista que impede que alimentemos as mágoas.

A mágoa também é um sentimento poderoso, além de maléficos, pois consegue destruir bons sentimentos.

Portanto, é importante aprender como perdoar de verdade, o que é diferente de fechar os olhos para os erros alheios.

4.   Dialogue

Comunicar-se sempre e sem receio é um passo importante aqui. Então, ouça mais, abra seu coração e fale mais. Tiago 1:19

Deus nos deu o dom da linguagem para que pudéssemos nos comunicar e infelizmente nossa linguagem foi danificada pelo pecado.

Hoje não sabemos manter um diálogo saudável, por isso as brigas e incompreensões.

5.   Proteja-se do Inimigo

O matrimônio, ao contrário do que se pensa é uma instituição divina, por isso nós procuramos na Bíblia um caminho para restaurar um casamento.

O casamento é algo bom que nos foi dado por Deus nosso senhor e, por isso, o inimigo tenta destruí-lo.

Por certo, o inimigo se regozija com as brigas entre casais e com os divórcios e tudo ocorre com sua atuação.

Sem dúvida, o diabo não é passivo, age plantando a discórdia e plantando acusações em nossos ouvidos.

Em síntese, o cuidado deve ser diário e constante. Perceba quando coisas estranhas acontecem para destruir seu casamento.

Certamente, se veio até esse post sobre restaurar um casamento por meio dos princípios bíblicos é porque precisa de ajuda.

Ainda tem alguma dúvida? Comente abaixo e terei prazer em te ajudar.

Compartilhe agora mesmo:

Você vai gostar também:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário


*


*


Seja o primeiro a comentar!

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.